Buscar
  • Paula Caputo

RECALCULANDO A ROTA


Você aproveita a sua vida como realmente deseja?


Você trabalha onde gosta, pelo tempo que gostaria, fazendo algo que te motive e desafie diariamente?


Ou você vive pensando nos seus boletos e no tempo em que não está com as crianças?

Está vendo seus filhos crescerem e acha que não está aproveitando o suficiente porque vive no futuro, correndo atrás de sonhos que nem tem certeza se são seus ou se ainda valem todo o seu empenho?


Acredito que se você escolheu esse emprego e agora está borocochô é porque algo aconteceu no caminho, ou seus valores mudaram, ou você se desconectou daquela pessoa que um foi dia.


Reconectar com suas emoções muda o jogo, vira a chave, te apresenta novas perspectivas: sentir – sentido, caminho. Entendeu?!


Suas emoções estão interligadas com seus pensamentos e, consequentemente, com seus comportamentos.


Sabe quando você usa o GPS e ele não está atualizado e te leva para um caminho diferente, uma rua sem saída ou com o sentido da via trocado?


Na vida é igual, às vezes, a gente pega um “caminho errado” e precisa recalcular a rota. Pode ser qualquer coisa, até uma situação que desencadeou uma emoção e você Reagiu e que te levou a desenvolver um comportamento em desequilíbrio com a vida que deseja ter.


Mas, não tem problema! A gente recalcula a rota e segue novamente, o GPS não quebrou apenas precisava de uma atualização, nosso emocional é igual.


Precisamos atualizar nosso “sentir” para entender e perceber o quanto cada emoção nos atinge nas mais diferentes situações e como seria a melhor forma de agir (lidar com ela) de acordo com a vida que quero ter, com o nível de qualidade que desejo vivenciar.


Aceite que algo não está como você gostaria, deixe-se perceber que há algo desconfortável na sua vida, questione-se, reflita até encontrar o que incomoda, como incomoda e como isso se manifesta na sua vida.


Peça ajuda, não precisa ser difícil.


Afinal você quer se livrar da dificuldade e não criar mais uma, não é mesmo?


Desenvolvimento pessoal serve para se conquistar liberdade emocional, é para ser fácil. Se estiver difícil é porque você está desenvolvendo resistência – dando outros nomes para os problemas ou procurando culpados ou, ainda, situações em que podemos atuar como vítimas.


Abra mão da resistência, simplesmente deixe ir para dar espaço a vida que deseja viver!

Está na hora de você mudar o seu jogo, e você já tem a chave…. Abra a sua gaiola!


Precisando, estou aqui!


*Artigo originalmente publicado na Revista Statto em outubro de 2021. Disponível em: <https://revistastatto.com.br/lifestyle/comportamento/recalculando-a-rota/>.



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo